Lazer e Cultura


Curitiba se destaca pela qualidade de vida, pela mobilidade urbana e pela sua área verde. Mas o turismo da cidade também está entre os melhores do país. A capital do estado do Paraná é bem estruturada para receber os visitantes, com hotéis confortáveis e bons restaurantes, e, graças à sinalização eficiente e aos meios de transportes modernos, é fácil passear por lá e visitar seus pontos turísticos, que incluem parques, praças, construções, museus e outros atrativos.


Rua das Flores (Rua XV de Novembro)

Localizada bem no centro de Curitiba, a Rua das Flores foi a primeira grande avenida no Brasil a ser destinada apenas a pedestres. O lugar é muito movimentado e ideal para quem busca algumas compras, restaurantes ou apenas tomar um café. Hoje, ela é um grande jardim. Seu principal papel histórico é o ser ponto de encontro da cidade.

Fonte: https://nl.pinterest.com/pin/79868593377469811/


Rua 24 Horas

A Rua 24 Horas é totalmente coberta em vidro transparente, com estrutura de tubo metálico em forma de arco e com uma extensão de 116 m, numa concepção futurista. Funcionando dia e noite, a rua oferece serviços à população, visando a revitalizar o centro da cidade fora do horário comercial, funcionando como um mini shopping.

Fonte: https://www.tripadvisor.com.br/LocationPhotoDirectLink-g303441-d4445056-i263888906-Subway-Curitiba_State_of_Parana.html


Jardim Botânico

O Jardim Botânico é um dos maiores cartões postais de Curitiba e o ponto turístico mais visitado da cidade. Sua principal atração, a estufa de 458 m2, inspirada na arquitetura europeia, abriga exemplares vegetais naturais e ornamentais da flora da Mata Atlântica, que cobre a Serra do Mar e a planície litorânea do Paraná. A construção de ferro e 3.800 peças de vidro, em espaço aberto, impressiona os turistas.

Antecedendo as icônicas três abóbadas, os jardins ao estilo francês, em canteiros geométricos – com o traçado da bandeira de Curitiba, replicado seis vezes –, bem cuidados, com plantas renovadas a cada estação, e chafarizes compõem o melhor cenário para fotos. Na convergência das alamedas, ao centro do terreno, há uma fonte com a réplica da estátua “Amor Materno”, homenagem da colônia polonesa às mães paranaenses.

Fonte: https://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/jardim-botanico-municipal-de-curitiba/287


Ópera Arame/Parque das Pedreiras

Mais um local onde uma construção é o destaque. O Ópera de Arame, com estrutura tubular e teto transparente, é um teatro que recebe diversos tipos de espetáculos culturais. A sua arquitetura por si só já valeria uma visita, mas outro atrativo é a vegetação nativa que rodeia o teatro, deixando o local ainda mais bonito. Desde setembro de 2018, o Ópera de Arame apresenta o Vale da Música, projeto que visa a cultivar a diversidade musical, no qual um palco flutuante no lago do teatro recebe música ao vivo instrumental durante o dia.

Fonte: https://www.feriasbrasil.com.br/pr/curitiba/teatrooperadearameparquedapedreira.cfm


Parque Tanguá

Um cartão postal da cidade cheio de atrativos naturais. Localizado em uma região de pedreiras desativadas e com topografia acidentada, característica da região norte da cidade, o parque recuperou e valorizou diferentes elementos da natureza num local antes degradado.

Uma cascata com 65 metros de altura jorra da parte superior do paredão de rocha, onde está o Jardim Poty Lazzarotto, em estilo francês, homenagem ao artista plástico curitibano, com canteiros de flores, espelhos d’água e chafarizes. No espaço, projeta-se o belvedere, em semicírculo, com três pisos onde encontram-se distribuídos decks metálicos, bistrô, loja e um mirante, em duas torres de observação, a 65 m de altura. Deste ponto é possível ter uma ampla e bonita visão da capital. Um túnel aberto na rocha, que tem passarela de madeira e corrimões de tronco, une dois dos seus lagos. Ao final dos seus 45 metros, o visitante tem à sua frente um cenário totalmente diferente daquela vista do alto.

Fonte: https://curitibaspace.com.br/parque-tangua/


Parque Barigui

Com 1,4 milhão de metros quadrados de área, é um dos maiores parques da cidade e, seguramente, o mais frequentado. A antiga "sesmaria" pertencente ao desbravador Mateus Martins Leme foi transformada em parque em 1972. Não são apenas os moradores da cidade e os turistas que procuram descanso no parque. Preás, socós, garças brancas, gambás, tico-ticos, sabiás e dezenas de outros animais nativos fazem do Barigui a sua morada. Dentre os equipamentos que o Parque possui, estão churrasqueiras, quiosques, pistas de bicicross e aeromodelismo, quadras poliesportivas, equipamentos para ginástica, estacionamento, restaurante, Museu do Automóvel, Parque de Exposições e Centro de Convenções, Casa da Leitura, Teatro da Maria Fumaça e a Sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Fonte: https://guia.melhoresdestinos.com.br/parque-barigui-185-5366-l.html


Bosque Alemão

Inaugurado em 1996, o bosque possui vários equipamentos que celebram e divulgam as tradições alemãs. São 38 mil m² de mata nativa, que faziam parte da antiga chácara da família Schaffer. A réplica de uma antiga igreja de madeira, construída em 1933 no bairro Seminário, com elementos decorativos neogóticos, abriga uma sala de concertos denominada Oratório de Bach.

Outras atrações são a trilha de João e Maria, que narra o conto dos irmãos Grimm, uma biblioteca infantil, a Torre dos Filósofos, mirante em madeira que permite vista panorâmica da cidade e da Serra do Mar e a Praça da Poesia Germânica, com a reprodução da fachada da Casa Mila, construção germânica do início do século, originalmente localizada no centro da cidade.

Fonte: https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/bosque-alemao-fica-mais-bonito-e-seguro/21123


Parque Tingui

Parte do maior parque ambiental linear do país, implantado às margens do rio Barigui, recorda os indígenas que lá habitaram, com a estátua do Cacique Tindiquera. Abriga também o Memorial Ucraniano, homenagem aos imigrantes, na forma de réplica de uma igreja ortodoxa, originalmente construída no interior do estado, que abriga exposição de pêssankas (ovos pintados à mão) e ícones (pinturas religiosas).

Fonte: https://www.curitiba.pr.gov.br/conteudo/parque-municipal-tingui-memorial-ucraniano/321


Museu Oscar Niemeyer

O Museu Oscar Niemeyer (MON) abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional, com mais de 9 mil obras nas áreas de artes visuais, arquitetura e design. É considerado o maior museu de arte da América Latina, com um espaço de cerca de 35 mil metros quadrados de área construída e mais de 17 mil metros quadrados de área para exposições. Inaugurado em 22 de novembro de 2002, o projeto é de autoria do reconhecido arquiteto brasileiro que leva seu nome. Com um total de 12 salas expositivas, a cada ano, são realizadas mais de 20 mostras, que juntas recebem um público superior a 360 mil visitantes.

Fonte: https://blog.clubecandeias.com/museu-oscar-niemeyer-um-icone-de-curitiba/


Centro Histórico de Curitiba

No centro histórico de Curitiba, encontra-se o conjunto das mais antigas edificações da cidade. Entre essas construções, estão a Casa Romário Martins, do século XVIII, e a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, de 1737, além dos exemplares arquitetônicos de inspiração alemã, datados da segunda metade do século XIX. Nas manhãs de domingo, as velhas pedras do Largo da Ordem e o calçadão de acesso à Praça Garibaldi, com a Igreja do Rosário, o Relógio das Flores, a Fonte da Memória e a Società Giuseppe Garibaldi formam o cenário da Feira de Artesanato, animado ponto de encontro com música ao vivo.

Fonte: https://dicasdonossobrasil.com.br/curitiba/roteiro-de-5-dias-em-curitiba/


Mercado Municipal de Curitiba

Para saber um pouco mais sobre os costumes e culinária local, vale conferir o Mercado Municipal de Curitiba. Nas bancas de hortigranjeiros, nas lojas de delicatessen e setor orgânico, o visitante encontra produtos, como bebidas, queijos e vinhos de diversas procedências, ervas medicinais, temperos e especiarias, iguarias, conservas, pescados, embutidos, carnes exóticas e com cortes especiais, além de produtos de decoração e presentes.

Fonte: https://jornaldomercado.com.br/mercado-municipal-de-curitiba/

Fontes: Portais da Prefeitura Municipal de Curitiba, Instituto Municipal Curitiba Turismo, Museu Oscar Niemeyer, Melhores Destinos e Viagens e Caminhos

Promotor

Realização - CBO

Organização

Organizadora

Agência de Turismo

Agência Oficial de Turismo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

Patrocinador Prata

Alcon

Patrocinador Bronze

Zeiss

66º Congresso Brasileiro de Oftalmologia

07 a 10 de setembro de 2022 | Curitiba/PR

Política de privacidade